Notícias - Índice / Publicado em 11/07/2018 às 13:26

Homicídios ligados ao tráfico de drogas já fizeram 26 vítimas em Caxias do Sul

Foto: EdgarVaz/RádioCaxias
Foto: EdgarVaz/RádioCaxias

O ano de 2018 apresenta, até este momento, 55 vítimas em 48 casos de homicídios. Deste total, foram 23 casos ligados ao tráfico de drogas, que já fizeram 26 vítimas, o equivalente a 47% dos crimes de homicídios em Caxias do Sul, este ano.

 

Foram dois casos de duplo homicídio e um triplo homicídio, registrado no início da tarde desta terça (10), no bairro 1º maio.

 

Por volta das 13h, Elisângela de Oliveira Macedo, a Gica, 31 anos, Max Jean da Silva, o Diabinho, 37, e Juliano Valerio, o Azulão, 37, foram executados na Rua Manuel Almeida, nº 500, em um conhecido ponto de tráfico de drogas.

 

De acordo com informações da polícia, foram efetuados cerca de 30 tiros no local, provenientes de armas de calibre 9mm. Em princípio, os autores chegaram em dois veículos não identificados, entraram na casa, que não tinha porta, e executaram as vítimas, sendo que Elisangela e Juliano estavam dormindo.

 

O delegado Rodrigo Kegler Duarte, titular da Delegacia de Homicídios, reconhece que há indícios de que o crime tenha ocorrido devido à disputa por territórios do tráfico, com possível envolvimento de facções rivais.

 

Todos os mortos tinham antecedentes criminais. O desafio da polícia é identificar os autores e a vinculação deles com as facções que atuam no tráfico de drogas em Caxias do Sul.